GOVERNO DO ESTADO E REITORIA DA UPE INVESTEM EM INCUBADORA PARA IMPULSIONAR TECNOLOGIA E INOVAÇÃO NA BACIA LEITEIRA DE GARANHUNS E REGIÃO


O Campus de Garanhuns da Universidade de Pernambuco recebeu investimentos para abrigar a primeira incubadora da região. A reunião para apresentação das estruturas e do projeto às instituições parceiras aconteceu na última terça-feira (08) no auditório da UPE Garanhuns. O investimento acadêmico foi anunciado pelo Governador Paulo Câmara e o Reitor da UPE, Pedro Falcão, no mês de abril, e já irá iniciar a funcionar.


A incubadora nasceu de uma iniciativa da Universidade de Pernambuco (UPE) com o objetivo de iniciar a construção de um novo habitat de empreendedorismo e inovação no Agreste Meridional. Fazem parte desta iniciativa também a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), Instituto de Tecnologia de Pernambuco (ITEP), UFRPE, SEBRAE, AESGA, IFPE e a Prefeitura de Garanhuns, além de outras Instituições que se agregarão a este programa de incubação e que serão parceiros importantes da difusão e estímulo à incubação de empresas, além de oferecerem palestras e capacitações aos empreendedores.



"É importante para a Universidade este processo de expansão e de integração institucional, com a soma de esforços e investimentos que possam impulsionar cadeias produtivas regionais. No caso de Garanhuns e o Agreste Meridional, montamos uma estratégia que possa permitir o desenvolvimento tecnológico e a inovação na bacia leiteira, fundamental para a economia do interior do estado" - registra Profº Pedro Falcão.



Na reunião desta semana, coordenada pelo vice-diretor do multicampi Garanhuns, Adauto Trigueiro, e pelo professor Alexandre Maciel, coordenador de Inovação da UPE, foi apresentado o cronograma de ações que já inicia no próximo dia 25/08 com um evento de sensibilização aberto ao público, e no dia 05 de outubro será realizada uma oficina de desenvolvimento de projetos. O lançamento do edital para seleção das empresas está previsto para dia 25 de setembro. Na ocasião foi apresentada a estrutura física destinada à incubação de empresas de base tecnológica, que ficará situado no campus da UPE, bem como a metodologia de incubação que será provida pelo ITEP, que possui mais de vinte anos de experiência em programas de incubação.

Postagens mais visitadas deste blog

Governo de Pernambuco decretou situação de emergência em 62 municípios do interior, Paranatama, Saloá e Capoeiras estão na lista

Secretário de Administração e Planejamento da prefeitura de Paranatama dá esclarecimento sobre o Recadastramento do quadro de funcionários, aposentados e pensionistas do município.

Agreste News: Enilda Leonel agora é 40