Agreste News: Revista Gestão Pública PE nº 12 já está no ar

Publicação trimestral é editada pelo Instituto de Gestão Pública de Pernambuco Governador Eduardo Campos, vinculado à Secretaria de 
Planejamento e Gestão (Seplag-PE)

Recife, 1º de setembro de 2016 – A 12ª edição da Revista Gestão Pública PE já está no ar. O novo número traz um especial sobre os dez anos da Lei Maria da Penha, que tem sido o principal balizador de políticas públicas que visam à coibição da violência contra a mulher. O artigo, ilustrado com as belas esculturas da artista plástica Nené Cavalcanti, destaca a experiência da Secretaria da Mulher de Pernambuco, criada em 2007, e dá voz à própria Maria da Penha, a mulher que deu nome à lei. Em seu testemunho, ela reforça a ideia de que a lei não pune o homem e sim o homem agressor e fala sobre a importância da mulher se informar sobre seus direitos e denunciar qualquer tipo de violência.

Além disso, a revista entrevistou o novo secretário de Planejamento e Gestão de Pernambuco, Márcio Stefanni, que fala sobre o novo pacto federativo. “O ex-governador Eduardo Campos falava desse pacto e sobre a necessidade de discutir a distribuição de recursos pela União, estados e municípios. E o governador Paulo Câmara também vem tendo esse olhar federativo”, diz o secretário, destacando iniciativas do governo pernambucano no sentido de fortalecer os municípios, como o Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM) e o Escritório de Projetos.

Na seção Boas Práticas, a publicação relata um caso de sucesso, premiado pela Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), no quesito audiências públicas de prestação de contas: o município de São Bento do Una, no Agreste pernambucano. Nesses encontros são apresentados relatórios quadrimestrais referentes às secretarias de Finanças, Educação, Trabalho e Ação Social, Saúde, Agricultura e do regime próprio de previdência, com o objetivo de levar ao conhecimento da população qual a origem e o destino dos recursos que chegam ao município.

Mais especificamente sobre gestão, a revista proporciona dois momentos de reflexão: uma sobre avaliação de políticas públicas e outra sobre empreendedorismo. O artigo da seção Inovação também é sobre gestão pública, mais especificamente sobre arquitetura corporativa, fomentando um debate atualíssimo sobre a utilização da informação, através das tecnologias, como um dos fatores-chave para o sucesso de um negócio, inclusive de governos.

A publicação traz, ainda, um artigo sobre motivação no mundo do trabalho e apresenta um texto acadêmico sobre uma proposta de padronização do faturamento das internações nos seis grandes hospitais de gestão direta de Pernambuco. As seções Acontece Cine Gestão também estão presentes nesta edição. Para fechar, Samuca, premiado cartunista pernambucano, brinda os leitores com seu fino humor.

A Revista Gestão Pública PE tem periodicidade trimestral e é editada pelo Instituto de Gestão Pública de Pernambuco Governador Eduardo Campos, vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag-PE). Desde a sua 11ª edição, a publicação é disponibilizada em formato eletrônico. Isto é, além de estar disponível para ser folheada no flip e em arquivo PDF para download, a publicação também está disponível em um hotsite que permite a leitura individualizada das seções e oferece conteúdo extra: uma seção de artigos e outra para o acervo técnico.

“Essa iniciativa deu um passo à frente na veiculação da revista, que deixou de circular em sua versão impressa por motivos econômicos. Mas não só a periodicidade foi mantida como estreamos esse novo formato eletrônico que tem se mostrado exitoso”, afirma o secretário executivo de Desenvolvimento do Modelo de Gestão da Seplag-PE, Maurício Cruz. A nova edição da Revista Gestão Pública PE pode ser acessada através do link http://www.seplag.pe.gov.br/web/rev12/revista-12.

Postagens mais visitadas deste blog

Lamentável: Jovem de Paranatama morre em acidente de moto

Janailton Roldão foi encontrado morto em apartamento em Garanhuns

O município de Paranatama está de luto com a morte de Cinalda Lima