Agreste news: PSOL protocola ação para suspender benefícios de Cunha

Nesta quarta-feira (25) o PSOL protocolou ação no Supremo Tribunal Federal (STF) que pede a suspensão dos benefícios garantidos pela Mesa Diretora da Câmara ao presidente afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Eduardo Cunha está com o mandato suspenso, mas mantém salário de R$ 33,7 mil, avião, carro, seguranças e R$ 92 mil de verba de gabinete para pagar funcionários. Cunha ainda recebeu aval da Mesa Diretora para permanecer na residência oficial. Segundo o PSOL, a Câmara gasta mais de R$ 541 mil por mês com Cunha.


O PSOL argumentou que os benefícios garantidos a Cunha desrespeitam a decisão do tribunal. "Nós consideramos que a estrutura material de exercício do mandato é um elemento concreto de desrespeito à decisão do Supremo. Ou seja, ampara, dá robustez, ao exercício do mandato por Eduardo Cunha", disse o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) em entrevista coletiva na Câmara.

Postagens mais visitadas deste blog

Lamentável: Jovem de Paranatama morre em acidente de moto

Janailton Roldão foi encontrado morto em apartamento em Garanhuns

O município de Paranatama está de luto com a morte de Cinalda Lima