Agreste news: Promotor denuncia Paulo Preto por suposto desvio em desapropriações

O promotor Cássio Conserino denunciou o ex-diretor da Dersa, Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, ele foi acusado de montar um esquema de desvio de recursos no programa de desapropriação para as obras do trecho sul do Rodoanel. Paulo Preto trabalhou na empresa Companhia durante o governo José Serra (PSDB).

Segundo o promotor, o ex-diretor incluiu ilegalmente no cadastro de famílias atingidas pela obra seis pessoas, entre elas estão ex-empregadas domésticas da filha e da mulher, além de babás dos netos e uma secretária do genro. Nenhuma delas morava no traçado das obras do Rodoanel. A responsável pelo cadastro dos beneficiários, Mércia Ferreira Gomes, foi a autora das acusações.


No depoimento, Mércia afirma que foi Paulo Souza quem indicou as pessoas que deveriam receber as casas e o dinheiro como indenização pela desapropriação. O promotor pede ao juiz que o depoimento seja homologado como delação premiada. O PSDB de São Paulo informou que apoia as investigações e espera que, se comprovada a culpa, os responsáveis sejam punidos.

Postagens mais visitadas deste blog

Lamentável: Jovem de Paranatama morre em acidente de moto

Janailton Roldão foi encontrado morto em apartamento em Garanhuns

O município de Paranatama está de luto com a morte de Cinalda Lima