Agreste news: Instituições se unem para diminuir acidentes de moto em Garanhuns e região

Com a participação de diversas instituição parceiras, o Comitê Regional de Prevenção a Acidentes de Moto deu início ao Maio Amarelo, série de atividades que visam alertar à sociedade para os números alarmantes de acidentes, nesta terça-feira, 03, no auditório da FUNASA em Garanhuns. Durante todo o mês, palestras, blitzes, entrevistas, entre outras atividades educativas e de fiscalização serão realizadas na região.


Representantes das instituições que fazem parte do CRPAM formaram a mesa da solenidade de abertura. Estiveram presentes, Major Álvaro (9º Batalhão da Polícia Militar); PRF Inaldo, chefe da Delegacia da Polícia Rodoviária Federal; coordenador da Operação Lei em Seca em Pernambuco, Coronel Luciano Nunes; o diretor do Hospital Regional Dom Moura, Luiz Melo; o Coordenador Geral da UPAE Garanhuns, Gustavo Amorim; o chefe de fiscalização do DETRAN-PE, Péricles Monte; os secretários municipais de saúde, José Teixeira (Paranatama) e Cleber Gewehr (Capoeiras), e o secretário executivo de saúde de Garanhuns, Harley Davidson. O encontro contou com participantes da V GERES, do Hospital Dom Moura, residentes, estudantes, profissionais da saúde, entre outros.

A presidente do CRPAM, Dra. Catarina Tenório, gestora da V GERES - Gerência Regional de Saúde, recebeu estudantes da Escola Estadual Henrique Dias, representando os jovens, público prioritário das ações educativas, pelo que mostram as estatísticas de acidentes. Os alunos estavam acompanhados da professora Cristina Pinheiro. Várias escolas estarão recebendo palestras para os estudantes.

Foram apresentados dados estatísticos, nas palestras ministradas pelo Cel Luciano (OLS), Policial Inaldo (PRF), Renata Nogueira (Epidemiologia - HRDM) e Catarina Tenório. Dentre as sugestões, a inclusão da disciplina trânsito na grade curricular das escolas, a implantação de Comitês Municipais de Prevenção de Acidentes e que as ações do Maio Amarelo se estendam para outros meses do ano.

Catarina Tenório comentou o encontro ao final: "Conseguimos unir entidades que vivem o cotidiano do trânsito e consequentemente do drama dos acidentes, como Polícia MIlitar, Detran, DER, AMSTT, Polícia Rodoviária, entre outras, mas estamos contando com a participação de instituições como GRE-Agreste Meridional, Diocese de Garanhuns, Secretarias de Educação, entre outras, pois a necessidade é urgente de que façamos mais ainda, para evitar os acidentes que estão vitimando principalmente nossos jovens, sequelando, e na maioria das vezes, levando a óbito. Nossos números têm melhorado, mas ainda estão longe do ideal. Por isto é importante a participação de todos".

Postagens mais visitadas deste blog

Lamentável: Jovem de Paranatama morre em acidente de moto

Janailton Roldão foi encontrado morto em apartamento em Garanhuns

O município de Paranatama está de luto com a morte de Cinalda Lima