Agreste news: Barroso defende fim do foro privilegiado

Em um evento promovido pela revista “Veja” na capital paulista, nesta segunda-feira (23), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso defendeu o fim do foro privilegiado para processar e julgar autoridades públicas. “É preciso extinguir o foro privilegiado. É uma reminiscência aristocrática”, disse o ministro. “O STF não está equipado nem é o foro adequado para fazer esse tipo de juízo de primeiro grau.”

Segundo o ministro, há atualmente 369 inquéritos e 102 ações penais contra parlamentares “O prazo médio para receber a denúncia é de 617 dias no Supremo”, criticou. Barroso afirmou ainda que o foro privilegiado frequentemente leva à impunidade.


Barroso defendeu a criação de uma Vara Federal m Brasília para julgar esses casos. “A valorização dos bons no lugar da valorização dos espertos”, concluiu. 

Postagens mais visitadas deste blog

Lamentável: Jovem de Paranatama morre em acidente de moto

Janailton Roldão foi encontrado morto em apartamento em Garanhuns

O município de Paranatama está de luto com a morte de Cinalda Lima