Agreste News: Produção de provas para cassação de Dilma e Temer é determinado pelo TSE

A ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Maria Thereza de Assis Moura, determinou que seja iniciado o processo de provas na ação que pede a cassação da chapa que elegeu a presidente Dilma Rousseff e o vice Michel Temer.
As perícias que foram solicitadas pelo PSDB devem ser realizadas nesta fase, e também as diligências nas empresas que prestaram serviços à campanha. Depoimentos sobre a Operação Lava Jato também devem ser colhidos.

Dilma e Temer respondem três inquéritos que podem resultar na perca do mandato (além da Ação de Impugnação de Mandato Eletivo – AIME). O caso poderá ser avaliado pela Corte em novembro deste ano, segundo alguns ministros do TSE. Outros porém, dizem que o caso só irá a plenário em 2017.

Postagens mais visitadas deste blog

Governo de Pernambuco decretou situação de emergência em 62 municípios do interior, Paranatama, Saloá e Capoeiras estão na lista

Secretário de Administração e Planejamento da prefeitura de Paranatama dá esclarecimento sobre o Recadastramento do quadro de funcionários, aposentados e pensionistas do município.

Agreste News: Enilda Leonel agora é 40