Agreste news: Morte de jornalista foi planejada por seu assessor, informa delegado

Marcolino Junior
Morte do jornalista Marcolino Junior foi planejada por seu assessor pessoal, informou delegado Marcio Cruz nesta terça-feira (19). O assessor foi preso nesta segunda-feira mas não confessou o crime. Segundo a Polícia Civil o suspeito já teve um relacionamento com Marcolino e disse que “recebia pouco pelo trabalho que fazia”.
Outro suspeito também foi preso ao tentar vender o carro de Marcolino e disse à polícia que o assessor iria lhe pagar R$ 1 mil para ele se desfazer do carro. Os dois suspeitos foram encaminhados para a penitenciaria Juiz Plácido de Souza, em Caruaru e devem ser indiciados por latrocínio e ocultação de cadáver.
O colunista social estava desaparecido desde a tarde deste sábado (16) e seu corpo foi encontrado na segunda-feira no Distrito de Insurreição, Sairé.


Postagens mais visitadas deste blog

Lamentável: Jovem de Paranatama morre em acidente de moto

Janailton Roldão foi encontrado morto em apartamento em Garanhuns

O município de Paranatama está de luto com a morte de Cinalda Lima