Agreste news: Gleisi, Meurer e Pizzolatti são ligados a entrega de propina por delator da Lava Jato

Em delação premiada homologada pelo STF (Supremo Tribunal Federal), o advogado Antonio Carlos Brasil Fioravante Pieruccini afirmou ter feito entregas para pessoas ligadas a três políticos: a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), o deputado federal Nelson Meurer (PP-PR) e o ex-deputado João Pizzolatti (PP-SC).
Segundo Pieruccini, o doleiro Alberto Youssef – um dos principais operadores do esquema de propinas na Petrobras – foi quem providenciou os valores, além disso, também o orientou a fazer quatro viagens de São Paulo a Curitiba (PR) para entregar dinheiro à campanha de Gleisi, ex-ministra da Casa Civil.
Segundo o delator, as entregas a Meurer foram mais de trinta. Já para Pizzolatti, houve duas entregas em dinheiro, a primeira de R$100 mil.

Todos os três políticos negaram ter recebido qualquer dinheiro de Youssef.

Postagens mais visitadas deste blog

Governo de Pernambuco decretou situação de emergência em 62 municípios do interior, Paranatama, Saloá e Capoeiras estão na lista

Secretário de Administração e Planejamento da prefeitura de Paranatama dá esclarecimento sobre o Recadastramento do quadro de funcionários, aposentados e pensionistas do município.

Agreste News: Enilda Leonel agora é 40