Postagens

Mostrando postagens de Outubro 19, 2015

Pedaladas podem custar R$ 40 bilhões ao tesouro. Agreste news.

Imagem
O Tribunal de Contas da União pode determinar, na semana que vem, que o governo federal quite imediatamente todas as pedaladas fiscais, dívidas do Tesouro Nacional com bancos públicos que totalizam R$ 40 bilhões. O ministro Vital do Rêgo sinalizou que pode pautar o assunto na votação do tribunal do dia 28 de outubro. Como o valor pode fazer explodir o déficit primário deste ano, agravando a situação da economia, e ainda servir de base para o pedido da oposição de impeachment de Dilma, o Planalto cogita assinar um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com o TCU. Pelo termo, a equipe econômica da presidente se comprometeria a pagar tudo de uma vez ou a honrar o passivo em parcelas. A segunda solução jogaria a maior parte dessas despesas para 2016 e colocaria em dúvida o cumprimento da meta de superavit primário (0,7% do PIB) prometida pelo ministro Joaquim Levy (Fazenda).  ((DaFolha de S.Paulo - Natuza Nery).

Planalto quer queda rápida de Eduardo Cunha. Agreste news.

Imagem
Da Folha de S.Paulo – Valdo Cruz, Gustavo Uribe e Débora Alvares Para tentar evitar um cenário de paralisia, o Palácio do Planalto vai orientar seus aliados no Congresso a trabalhar por um desfecho rápido da crise que atingiu o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A equipe da presidente Dilma Rousseff avalia que o melhor é acelerar uma saída de Cunha do comando da Casa, costurando nos bastidores para que a presidência da Câmara continue com o PMDB. Segundo assessores presidenciais, a situação de Cunha ficou insustentável com as novas revelações sobre suas contas na Suíça, mas o governo teme que o deputado consiga se manter no comando da Casa até o fim do ano. Na tentativa de conseguir um consenso, tem ganhado força a indicação de "nomes históricos" da legenda que sejam independentes, mas que passem a imagem de estabilidade diante da crise política. Nessa linha, são lembrados Osmar Serraglio (PR), que relatou a CPI dos Correios, e José Fogaça (RS), que já foi prefeito…

Armando: Suécia é um parceiro estratégico para empresários brasileiros. Agreste news.

Imagem
Brasília - O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, participou neste domingo (18), em Estocolmo, de encontro com empresários brasileiros que possuem negócios na Suécia. Segundo Monteiro, os empresários brasileiros identificam na Suécia um parceiro estratégico na área de tecnologia e inovação. Ele disse ainda que as empresas suecas podem utilizar o Brasil como plataforma para ampliar a presença na América Latina.
“Há um grande número de empresas suecas no Brasil e isso vai desencadear um comércio entre companhias, ou seja, os grupos suecos que estão instalados no Brasil poderão utilizar o país como plataforma para ampliar a presença em toda a América Latina, portanto, nós acreditamos muito nessa parceria estratégica”, disse Monteiro, que acompanha a presidenta Dilma Rousseff em visita oficial à Suécia.
“Empresários brasileiros identificam na Suécia um parceiro estratégico na área de tecnologia industrial avançada e inovação. Toda empresa brasileira …