Secretários recebem demandas de representantes do Polo Têxtil. Agreste news.

Foto: Douglas Fagner
Os secretários de Planejamento e Gestão, Danilo Cabral, e de Defesa Social, Alessandro Carvalho, se reuniram com uma comissão de empresários do Polo Têxtil de Santa Cruz do Capibaribe e Surubim nesta terça-feira (3). O grupo entregou um abaixo-assinado e uma carta com reivindicações na área de segurança pública. A principal demanda é o reforço nas ações de prevenção e repressão da violência na região. Também participaram do encontro o comandante geral da Polícia Militar, coronel Antônio Pereira Neto, e o chefe da Polícia Civil, Antônio Barros, e o vice-prefeito de Surubim, Fabio Barbosa.


“O objetivo da nossa visita é buscar apoio. O Polo de Confecções recebe a visita de 150 mil pessoas por semana e, com a chegada do fim do ano, esse movimento aumenta muito, o que torna a região muito visada pelos criminosos”, afirmou o presidente do Moda Center de Santa Cruz do Capibaribe, Allan Carneiro, um dos presentes à reunião. Segundo ele, há preocupação com assaltos nas estradas que dão acesso aos municípios do polo e com a abordagem dos assaltantes aos clientes e comerciantes nas próprias cidades.

O secretário Danilo Cabral destacou a importância do diálogo entre o Governo e a sociedade para priorizar as ações. “Esta é uma prática do Governo Paulo Câmara, de construir conjuntamente as soluções para o problema, sabendo do desafio que temos, principalmente nesse cenário de crise econômica”, disse. Ele frisou que o Estado tem uma política de segurança pública consolidada, o Pacto pela Vida, que tem apresentado resultados nos últimos anos, com a redução dos índices de violência.


“No primeiro semestre deste ano, a Área de Segurança Integrada de Santa Cruz do Capibaribe foi onde houve a maior redução de homicídios no primeiro semestre deste ano, com 19% a menos de assassinatos em relação ao mesmo período do ano passado”, lembrou Danilo Cabral. Ele frisou que os resultados devem apresentar melhoras com as medidas que foram adotadas no âmbito do Pacto pela Vida na região.


“Dos 1.117 soldados que a Polícia Militar recebeu neste ano, 160 foram designados para o Batalhão da Ciosac (1ª Companhia Independente de Operações e Sobrevivência na Área de Caatinga) em Toritama, que atende a região. Além disso, a delegacia de Santa Cruz do Capibaribe vai passar a funcionar em um novo prédio ainda neste mês, melhorando a estrutura oferecida à população”, afirmou o secretário Alessandro Carvalho.


Alessandro acrescentou que outros 100 soldados foram lotados no Batalhão da Polícia Militar em Caruaru, que também atuarão no Polo de Têxtil, e que assinou uma ordem de serviço para a instalação de 20 câmeras de vigilância em diversos municípios da região. “Até mesmo por sua intensa atividade econômica, é uma região muito importante para nós e temos dado toda a atenção possível. Essas são iniciativas que vão apresentar resultados nos próximos meses”, ressaltou.


No encontro, foi agendada uma reunião entre os comandos das Polícias Civil e Militar do Agreste e representantes da sociedade civil organizada dos municípios do Polo Têxtil, na próxima sexta-feira (6), em Santa Cruz do Capibaribe. 

Postagens mais visitadas deste blog

Lamentável: Jovem de Paranatama morre em acidente de moto

Janailton Roldão foi encontrado morto em apartamento em Garanhuns

O município de Paranatama está de luto com a morte de Cinalda Lima