Augusto César apresenta Projeto de Lei determinando o uso de escadas guarda corpo em prédios comerciais, residenciais e de serviço no Estado de Pernambuco. Agreste news.

Foto: João Bita/Alepe
O vice-presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE), deputado Augusto César (PTB-PE), apresentou, nesta quarta-feira (4), projeto de lei que determina a instalação de guarda corpo nas escadas de acesso a pavimentos superiores -escada marinheiro –ou acesso ao teto desses empreendimentos.
“Os acidentes em escadas e as quedas em trabalhos de altura, principalmente na construção civil, representam a maior causa de mortalidade por acidentes em
Pernambuco, infelizmente, pela falta deste simples mecanismos. As medidas de
proteção coletivas contra quedas de altura são obrigatórias e prioritárias.” Afirmou o parlamentar pernambucano.
O projeto prevê que as escadas com no mínimo 4 metros ou mais
Foto: João Bita/Alepe
de altura, devem ser providas de guarda corpo ou gaiola protetora a partir de 2,00m (dois metros) acima da base até 1,00m (um metro) acima da última superfície de trabalho. Todo e qualquer equipamento de escadas fixas, tipo marinheiro, devem ser presas no topo e na base do empreendimento. Na citação dos empreendimentos já existentes antes da aprovação desta Lei, a adequação desta norma tem um prazo de até 3 anos para a realização proposta, e assim, oferecer segurança ao cidadão. A adoção desse procedimento garantirá segurança ao trabalhador, seja ele na sua atuação profissional ou até mesmo em sua residência, gerando também economia com os gastos hospitalares em face do alto custo que acidentes desta natureza implicam e ainda, a qualidade de vida do cidadão.

Postagens mais visitadas deste blog

Lamentável: Jovem de Paranatama morre em acidente de moto

Janailton Roldão foi encontrado morto em apartamento em Garanhuns

O município de Paranatama está de luto com a morte de Cinalda Lima