APAC emite alerta de baixa umidade para o Sertão do Estado

 

A Agência Pernambucana de Águas e Climas (APAC) emitiu Alerta de Baixa Umidade, em decorrência da presença de uma massa de ar seco sobre o Estado, que vem afetando diretamente municípios do Sertão pernambucano. Valores de umidade relativa do ar abaixo dos 20% foram registrados ontem e hoje em Serra Talhada, Cabrobó, Petrolina e Ouricuri. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), um nível considerado aceitável deve estar acima dos 30%.

A baixa umidade do ar pode acarretar problemas como complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas, sangramento nasal,ressecamento da pele, irritação dos olhos, por exemplo.

Veja abaixo as recomendações em caso de baixa umidade:

Umidade Relativa do Ar entre 20 e 30% - Estado de Atenção:

· Evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11 e 15 horas

· Umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins etc.

· Sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol.

· Consumir água à vontade.

Umidade Relativa do Ar entre 12 e 20% - Estado de Alerta:

· Observar as recomendações do estado de atenção

· Suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas

· Evitar aglomerações em ambientes fechados

· Usar soro fisiológico para olhos e narinas

Umidade Relativa do Ar abaixo de 12% - Estado de emergência:

· Observar as recomendações para os estados de atenção e de alerta

· Determinar a interrupção de qualquer atividade ao ar livre entre 10 e 16 horas

· Determinar a suspensão de atividades que exijam aglomerações de pessoas em recintos fechados como aulas, cinemas entre 10 e 16 horas

· Durante as tardes, manter com umidade os ambientes internos, principalmente quarto de crianças, hospitais.

Fonte: APAC

Postagens mais visitadas deste blog

Lamentável: Jovem de Paranatama morre em acidente de moto

Janailton Roldão foi encontrado morto em apartamento em Garanhuns

O município de Paranatama está de luto com a morte de Cinalda Lima