Paulo se compromete a criar a melhor política de combate à homofobia do País

 

Paulo se compromete a criar a melhor política de combate à homofobia do País

Tendo o combate à homofobia como um de suas prioridades, Paulo Câmara (PSB) apresentou, nesta sexta-feira (19), uma série de propostas para atacar o problema em Pernambuco. Durante debate sobre ações para a comunidade LGBT, promovido pela ONG Leões do Norte, na Boate Metrópole, no Recife, o candidato da Frente Popular se comprometeu em criar o melhor conjunto de políticas de enfrentamento a qualquer tipo de discriminação motivada pela orientação sexual. Mostrando seu respeito ao assunto, Paulo ouviu sugestões de militantes do segmento e destacou ações que implementará. Uma postura bem diferente da adotada pelo seu adversário Armando Monteiro Neto (PTB), que não compareceu ao evento.

Paulo se compromete a criar a melhor política de combate à homofobia do País

“Estou aqui porque acredito em vocês. Estou aqui porque respeito vocês. E me comprometo a fazer a melhor política de combate à homofobia do País, com ações nas áreas de saúde, educação, segurança e capacitação profissional”, pontuou Paulo Câmara, indignado com a indisponibilidade de seu opositor em discutir com o segmento. “É reincidente. Não veio em 2010 e, agora, quis mandar um representante”, destacou. Além do socialista, comparecem José Gomes (PSOL) e Jair Pedro (PSTU).

Paulo se compromete a criar a melhor política de combate à homofobia do País

Afirmativo, Paulo Câmara destacou que trabalhará fortemente para incluir o segmento LGBT no processo de qualificação profissional que já vem apresentando excelentes resultados no Estado e que será reforçado, a partir de 2015, no seu governo. “Não haverá discriminação. Teremos escolas de referência, com cursos de capacitação; escolas técnicas, que terão 40 unidades; e cursos oferecidos através da Secretaria de Trabalho para todos os pernambucanos”, apontou, frisando que a igualdade de oportunidades na otimização da mão-de-obra permitirá a diminuição das barreiras que ainda podem ser observadas na contratação dos profissionais formados em Pernambuco.

O socialista também se comprometeu em criar Centros de Referências Regionais em todas as macrorregiões do Estado. O aparelho terá o objetivo de difundir e defender nos municípios as políticas implantadas pelo Governo do Estado para promoção dos direitos humanos e para o combate à homofobia. “Dessa forma, nossas ações estarão presentes em todo o Pernambuco, sem uma diferenciação por região”, assinalou.

Paulo Câmara revelou na sequência que a saúde pública estadual também terá um olhar específico voltado às questões LGBT. O socialista ressaltou que os profissionais da área receberão treinamento para que atendam da forma devida o segmento. O mesmo será observado na educação, com uma orientação aos professores para que o tema seja discutido nas escolas, sobretudo com objetivo de evitar que as crianças e jovens reproduzam práticas homofóbicas. Câmara ainda pontuou que atuará junto à Assembleia Legislativa para que Pernambuco possa ter a sua própria lei de combate à homofobia.

ENTREVISTA - O ritmo dos investimentos que tanto ajudaram a gerar empregos e a transformar Pernambuco nos últimos anos será reforçado por Paulo Câmara. Em entrevista à TV Clube, na noite desta sexta-feira (19), o candidato da Frente Popular ao Governo destacou que a administração ofertará mais mecanismos para qualificação da mãos-de-obra pernambucana. Uma ação que permitirá que a população aproveite as oportunidades que serão geradas pelos empreendimentos que aportam no Estado.

Crédito: Wagner Ramos.

Postagens mais visitadas deste blog

Lamentável: Jovem de Paranatama morre em acidente de moto

Janailton Roldão foi encontrado morto em apartamento em Garanhuns

O município de Paranatama está de luto com a morte de Cinalda Lima